[ARGENTINA] Garotas Hostis à Civilização reivindica ataque incendiário-explosivo contra máquina

Saudamos cumplicimente o ato de “Garotas Hostis à Civilização”, desde Buenos Aires.

Desejando fogo, balas e bombas aos híper-civilizados!

Tradução a cargo de Anhangá.
_________________________________________________________________________

Mediante este comunicado nos fazemos responsáveis pelo ataque com artefato explosivo-incendiário realizado contra uma máquina de quatro rodas na cidade de La Plata, província de Buenos Aires, Argentina. Esta ação foi realizada numa zona central durante este novo ano gregoriano que é 2017.

O artefato composto por uma garrafa com 2 litros de combustível ligada a duas latas de gás butano que se ativou mediante um incenso incorporado a vários palitos de fósforo, estava pensado para destruir por completo o veículo, e assim ocorreu, ele foi reduzido a metade de seu tamanho e muitos fragmentos ficaram espalhados pela rua. A máquina ficou tão destruída que o capô se levantou e era possível ver o outro lado através da lataria. A imprensa, pelo que sabemos, até hoje não fez qualquer menção ao ocorrido.

Eles vêem uma cidade onde eu vejo um bosque devastado, vêem um animal de estimação onde eu vejo um ser escravizado, vêem um produto onde eu vejo uma vida arrancada com egocentrismo. Vêem uma rua onde eu vejo uma centena de seres mortos. Vêem? Sentem? Caminho pelas ruas de uma cidade e sei que há apenas atrocidades, cada ser humano reproduzindo atos civilizados, cada animal submetido a ser considerado como um objeto ou recurso

“Eu também grito em silêncio nestas noites de terror, o susurro do vento também corre por meu interior, também corre por meus gritos, se faz testemunha, o susurro do vento também grita comigo.”

N.

A hostilidade que nos cria o avanço da civilização é capaz apenas de incitar em nós garotas uma reação violenta, assim como são as reações da natureza. Nesta ocasião, o fogo se fez presente, passando quase despercebido, sendo que era um dia de celebração para os hiper-civilizados. Aproveitamos a distração para mandar pelos ares um de seus horríveis automóveis. Hoje foi apenas um, mas aspiro a muitos outros. Estamos trabalhando para desenvolver explosivos cada vez mais perigosos. Não exitaremos na hora de atentar contra os responsáveis por sustentar esta asquerosa relidade civilizada.

“À cidadania espero que explodam infinitas bombas!”

Do lado dos furacões, terremotos e vulcões!

Fogo, bombas e disparos contra tudo o que é civilizado!

Garotas Hostis à Civilização

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s