[ESTADOS UNIDOS] Divulgam mais vídeos do massacre de Mandalay Bay

Acabam de divulgar na web mais vídeos sobre o grande massacre de Las Vegas ocorrido em outubro de 2017. Um dos vídeos (de 30 minutos) faz uma enorme cobertura do acontecido que acabou por se tornar o maior tiroteio em massa da história moderna dos Estados Unidos, resultando na morte de 60 pessoas e mais de 500 feridos.

O assassinato em massa foi perpetrado por um só indivíduo, Stephen Paddock, filho de um notável assaltante de bancos que agiu entre as décadas de 60 e 70 nos Estados Unidos.

Na noite de 1 de Outubro de 2017 Paddock abriu a sua mochila recheada de armas de grosso calibre e desde a janela de um quarto no trigésimo segundo andar do hotel Mandalay Bay apoiou os seus fuzis de mira telescópica sob um tripé e começou a disparar indiscriminadamente contra a multidão de pessoas que assistia a um concerto próximo ao edifício, istando ao caos e o terror na “cidade que nunca dorme”. Foram cerca de dez minutos de aterrorizadores disparos, com breves pausas para recarregar as suas armas ou escolher outras em seu vasto arsenal de guerra que o rodeava, dando assim pouca ou nenhuma chance para as suas vítimas que sequer conhecia. Paddock disparou indiscriminadamente e matou quantas pessoas pode antes de se suicidar com um tiro mediante a iminente invasão das forças de segurança ao quarto em que estava hospedado. No local portava vários fuzis e em sua casa foram encontrados alguns quilos de explosivos de alto poder destrutivo e uma enorme quantia de balas.

Rico, descrito como amigável por conhecidos e sem ligações com qualquer grupo terrorista, organização religiosa ou política, a hipótese de um ataque deste tipo foi prontamente descartada, entretanto as suas motivações foram obscurecidas pela polícia. Stephen Paddock agiu sozinho e certamente planejou com antecedência o massacre. Em seu quarto foi encontrada uma nota manuscrita com cálculos para maximizar a projeção dos disparos, o que corrobora com a sua intenção de assassinato em massa. Não agiu sob quaisquer motivações étnicas ou religiosas uma vez que foi completamente indiscriminado e sequer sabia em quem estava disparando, ciente apenas de que eram humanos. O aparato de guerra encontrado em sua casa demonstrava nefastas intenções em um caminho que desejava proseguir.

Apesar de ter as suas motivações obscurecidas pela polícia acreditamos que Paddock agiu sob impulsos misantropos, assim como Mark Conditt, outro terrorista indiscriminado e com motivações igualmente ofuscadas pelas autoridades. Ademais de indiscriminado Stephen Paddock foi um completo amoral em seu ataque contra o alento humano. Foi preciso e obstinado contra as suas vítimas sem qualquer distinção étnica, religiosa, classista ou de gênero. Certamente, Stephen Paddock nos deixou muitos ensinamentos com este bárbaro ataque.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s