Tribo Isolada Assassina Missionário Cristão a Flechadas

Segundo noticiado o missionário queria evangelizar os selvagens, mas foi recebido por uma saraivada de flechas e teve seu pescoço amarrado por uma corda.

Que os últimos selvagens sigam resistindo ferozmente ao invasor!
Que padeçam brutalmente por mãos pagãs qualquer missionário cristão!

Leia o artigo Selvagens Politicamente Incorretos.

Da imprensa:

O norte-americano John Allen Chau, de 27 anos, foi assassinado por membros de uma tribo isolada que vive em uma ilha na Baía de Bengala, localizada entre a Índia e Myanmar. De acordo com informações das agências de notícias Reuters e AFP, a vítima viajoude modo ilegal para o local onde viviam os habitantes da comunidade tradicional — conhecida como Ilha Sentinela Norte, a região é protegida pelas autoridades indianas para preservar o modo de vida local e proteger seus membros de possíveis doenças trazidas por visitantes.

Chau conseguiu realizar a viagem após pagar pescadores da região para que o levasse até um local próximo da ilha. Ele então utilizou uma canoa para completar o trajeto, mas foi atacado pelos membros da tribo, que estavam armados de arcos e flechas. De acordo com relatórios divulgados, o caso aconteceu no último dia 16 de novembro (sexta-feira).

Segundo informações da imprensa local indiana, Chau seria um missionário que teria o objetivo de pregar o cristianismo ao povo que vive na ilha. Testemunhas que estavam em barcos afirmaram que os membros da tribo atiraram flechas e amararam uma corda no pescoço do norte-americano, que foi encontrado morto na areia da praia.

Sete pescadores que estariam envolvidos no transporte ilegal do homem foram presos pela polícia indiana — a Ilha Sentinela Norte, apesar de estar a centenas de quilômetros distante do continente, pertence ao país asiático.

Os habitantes da Ilha Sentinela Norte vivem de maneira isolada há pelo menos 55 mil anos: de acordo com membros de organizações que realizam o monitoramento à distância dessa comunidade, ao menos 100 pessoas vivem no local, que possui uma floresta e tem área de aproximadamente 60 quilômetros quadrados.

Em 2004, após um terremoto que aconteceu na região do Oceano Índico, helicópteros enviados pela Índia tentaram manter uma comunicação com os habitantes em busca de oferecer assistência. Ao se aproximarem, entretanto, um dos membros atirou flechas em direção ao veículo aéreo. Em 2006, dois pescadores foram mortos após o barco onde eles estavam se aproximar demais da Ilha Sentinela Norte.

A organização Survival International, que defende os direitos das comunidades tradicionais de diferentes partes do planeta, afirmou em comunicado que a tragédia deve servir como alerta para que as autoridades indianas protejam de maneira adequada as terras dos povos que vivem na Ilha Sentinela Norte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s