[MÉXICO] Comunicado 53 de ITS: Reivindicação do Assassinato de Sacerdote Católico em Cuautitlán Izcalli – Selvagens Assassinos Seriais

Floresta - Eco-extremismo - Bosque - Amazônia - Indígenas - Terrorismo - Ecologismo - Niilismo - Misantropía - Individualismo - Ecologia - Guerra 85.jpg

A onda de ataques de ITS pelo mundo não se detém e é com enorme gozo que saudamos agora o novo atentado homicida e anti-cristo da Máfia, o assassinato de um sacerdote católico líder de um templo no Estado do México, uma oferenda de sangue ao submundo. O ataque terrorista se deu em coordenação com os ataques bombistas de Ouroboros Silvestre nessa mesma data. Do outro lado das grandes águas, também no mesmo dia, Criminosos Animistas emergia das sombras para se unir a máfia terrorista, desta vez na Espanha.

Adiante com as lâminas afiadas e pontiagudas para cortar e perfurar a carne fresca dos crentes malditos!

Que sob os filhos de cristo recaiam maldições ancestrais pagãs para que padeçam por selvagerias!

_________________________________________________________________________

Mais uma mostra de vingança ancestral foi executada, nossa faca se cobriu de sangue outra vez, o frenesi da situação centrou o nosso olhar furioso em tocaia nas carnes do alvo, as forças obscuras do Selvagem nos acompanharam e nos empurraram para a ação homicida.

O Inominável tem rondado como um abutre faminto da suja carne dos humanos mortos. Somos os hereges que não puderam massacrar há centenas de anos, nossos ancestrais foram os que morreram rejeitando seus credos humanistas, os que foram queimados nas fogueiras inquisitórias, seus ossos convertidos em pó cobriram a terra se unindo a ela e formando parte do tudo e do próprio nada. Seus espíritos malditos que maldizem mil vezes o extermínio de culturas milenárias distantes de qualquer civilização seguem conosco.

Miclantehcutli, o senhor antigo do submundo, representação da morte, do Oculto e do Desconhecido, entrou em uma igreja católica no 18 de abril passado com o desejo de levar alguém consigo, seja quem fosse. Ele nos levou até o sacerdote Ruben Díaz Acántara, representante máximo da igreja “Nuestra Señora del Carmen”, em Cuautitlán Izcalli, Estado do México.

Chegamos até o imundo sacerdote e antes de apunhalá-lo lhe dissemos algumas palavras em nahuatl, entre elas a maldição ancestral:

¡TEHUIHUICALLIZTLI!*

N-C-320x197

sacerdote-320x225

7yiuh-320x200

A imprensa disse que discutimos com ele, mas isso é falso, porque as últimas palavras que este padre escutou em sua devota vida foram na língua que pretenderam erradicar com sua evangelização e sua colonização há séculos.

Não nos importou que o município estivesse ainda sentido pelo assassinato de dois agentes policiais pelo crime organizado na semana passada, pelo qual o exército, a marinha e a polícia federal fizeram toda uma operação para capturar os responsáveis. Assim, protagonizamos mais um assassinato demonstrando que podemos fazê-lo sem nenhum problema e estar aqui, escrevendo tranquilamente esta carta de responsabilidade zombando de suas pomposas operações inúteis.

De fato, nosso ato nada mais é do que a consequência de outros mais destinados a atingir -a desprezível religião- que tem vindo se desenvolvendo, entre pacotes-bomba, explosivos, ataques incendiários a templos e igrejas e ataques armados contra peregrinos.

Então, seguiremos, porque nossas palavras e ameaças não são em vão, porque o Selvagem segue conosco…

E é claro que atos como estes onde se vê a léguas uma invocação pagã e uma motivação ancestral tenham resposta do Oculto. Isso se materializou em um par de assassinatos a mais de religiosos em Jalisco e Puebla alguns dias após a nossa oferenda de sangue. Do nosso ato se desprenderam as forças do Caos que possuíram as mentes dos criminosos que à base da violência tiraram as patéticas vidas destes sacos de carne e osso.

Para finalizar, recordamos que no mesmo dia 18 -mas pela manhã- nossos irmãos do “Ouroboros Silvestre” (OS) detonaram um par de bombas em Tultitlán e Ecatepec, o que nos une em uma coordenação cúmplice executada. A propósito, esse Grupo de Operações Especiais da polícia municipal que esteve rondando as ruas pelas quais supostamente OS andou é uma piada, uma puta brincadeira!!!

Pela propagação do homicídio anti-humanista!

Que as maldições ancestrais voltem do submundo e encham nossas mãos de sangue humano!

Fogo e explosivos, balas e facas para o alvo em qualquer lugar que existam individualistas mafiosos!

Pela União Egoísta!

Individualistas Tendendo ao Selvagem – Estado do México

– Selvagens Assassinos Seriais

* A tradução (embora nunca literal) é, “Que a força furiosa encha de peste sua casa.”

Nota:

https://www.proceso.com.mx/530592/sacerdote-muere-apunalado-dentro-de-su-iglesia-en-cuautitlan-izcalli

 

Glória ao Terrorista Serial de Austin

Tradução ao português da nota do blog Maldición Eco-extremista sobre os atentados terroristas indiscriminados e misantropos de Mark A. Conditt, o bombista serial de Austin. Caçador Noturno traduziu e nos enviou via email.

Que as ações de Mark sejam tomadas como um grande exemplo de atuação misantropa e indiscriminada!

Bombas e terror anti-humano!

_________________________________________________________________________

Em nossa postagem anterior informávamos sobre os seis atentados indiscriminados que acertaram a cidade de Austin, Texas, desde os primeiros dias de março, ataques que deixaram dois mortos e vários feridos, o rastro de terror e medo que cobriu a região, a paranoia e a mobilização das grandes agências de inteligência (FBI, ATF, etc.).

No último dia 21 de março foi informado que o autor dos atentados havia morrido.

Desde as primeiras explosões agentes federais começaram a rastrear os materiais que foram utilizados para a fabricação de bombas caseiras. Visitaram lojas grandes e pequenas interrogando a várias testemunhas para criar um perfil do responsável. Recordemos que os lugares onde foram encontrados os dois últimos pacotes-bomba (um que explodiu dentro de uma filial da Fedex e outro que foi encontrado em uma pequena loja dos Correios), existiam câmeras de segurança, as quais entregaram imagens do terrorista e do veículo com a qual se locomovia. Com estes dados, as autoridades rastrearam o modelo do carro e chegaram ao responsável. Na manhã de quarta-feira foi iniciada uma operação para detê-lo e frear a onda de pacotes-bomba.

Enquanto cercavam ao terrorista com carros blindados, patrulhas e helicópteros, vários agentes da SWAT se aproximaram rapidamente com armas de grosso calibre em mãos, gritando e fazendo alarde como muito bem sabem fazer, e ao sentir-se encurralado, o solitário serial-bomber tomou uma corajosa decisão. Consciente do que havia feito e aceitando o seu final, aproximou uma de suas bombas em seu peito e a ativou. A onda expansiva destroçou seu veículo, matando-o imediatamente e deixando ferido um dos agentes da SWAT. Gloriosa maneira de morrer de um bombista indiscriminado!

A Polícia não obteve nada dele, pelo contrário, de Mark Anthony Conditt (o nome do responsável) tiveram apenas medo, terror, árduas horas de trabalho de investigação, sangue e morte.

É assim que o episódio de Mark fica nas recordações, permanece como exemplo da ferocidade de um terrorista que em seu atuar não dá a mínima importância ao amanhã e se guia apenas pelo seu presente decadente.

Sobre as motivações de Mark o FBI disse apenas que “queria enviar uma mensagem”, e que em seu telefone havia um vídeo onde reivindicava seus atos. Seja como for as razões do terrorista das 7 bombas são ainda um mistério, mas sentimos ele muito próximo de nós, por isso surgiu-se a necessidade de dedicar-lhe estas palavras.

A morte de Mark não é boa nem ruim, é apenas a consequência das decisões de um terrorista indiscriminado, aquele que enfrenta a TUDO sem esperar nenhuma mudança, apenas pelo gozo egoísta do sangue e o cheiro da pele queimada de seu alvo.

(Meus atos são) “O grito que um jovem deve fazer para afrontar os desafios de um homem na vida”. – Mark A. Conditt

Que a vida e morte de Mark seja um exemplo para os individualistas selvagens!

Morte e feridas para os híper-civilizados de qualquer cidade!

Maldición Eco-extremista blog

Sobre o Atuar Indiscriminado do Bombista Serial

Texto traduzido e enviado por Caçador Noturno.

_________________________________________________________________________

O caos e o terror se apoderaram das ruas, o fantasma do terrorismo continua perturbando as mentes mais corretas até os dias atuais.

Estados Unidos, o país com as maiores agências de investigação e contra-inteligência do mundo tem um caso urgente a ser resolvido pois já há umas semanas um bombista em série tem captado a atenção das autoridades e da sociedade em geral, o mistério é enorme e a ausência de efetividade é bastante evidente.

Tudo se iniciou em 2 de Março, um pacote-bomba que se ativava através de um sistema de “armadilha” detonou nas imediações de uma casa particular na cidade de Austin, Texas. O homem que o abriu morreu devido a tremenda explosão. Aparentemente a polícia não deu muita importância por se tratar de um homem negro.

Em 5 de Março outro pacote-bomba de características semelhantes matou a um adolescente e feriu gravemente a sua mãe (ambos afro-americanos) novamente em Austin. O pacote também foi deixado nas imediações da casa das vítimas, e neste mesmo dia uma idosa hispana foi vítima de um terceiro pacote-bomba, e após isso a polícia começou a formular teorias e concluíram que os crimes tinham uma “motivação racial”, mas se equivocaram…

Em 18 de Março uma bomba-armadilha foi ativada por uma dupla de pessoas brancas que caminhavam tranquilamente pela rua, deixando-as feridas. Com isso a hipóteses de que os atentados eram cometidos por um “racista” estava descartada.

Tão logo em 19 de Março um quinto pacote-bomba explodiu dentro de uma empresa dos Correios ferindo a uma trabalhadora e deixando terror entre a população. O FBI que já havia assumido o caso admitiu ter neutralizado um sexto explosivo sem dar maiores detalhes do artefato.

Além disso agentes do FBI reconheceram que as bombas estavam manufaturas com pregos e pólvora negra, feitas com um alto grau de sofisticação, mas compostas por materiais de fácil aquisição. Diante disso, o recordo do terror e caos que deixou Freedom Club nos anos 90 segue fresco.

O que chama a atenção é a maneira indiscriminada de atuar do/dos terroristas com estes tipos de atos, o que nós desde Maldición Eco-extremista apoiamos, engrandecemos e aplaudimos completamente. Não nos importa as razões que movem o atuar selvagem deste tipo de “serial-bomber” (como a imprensa o batizou), o que importa é semear a discórdia e o temor nos progressistas e humanistas modernos.

O que faz este terrorista anônimo é demostrar que mesmo estando em um país tão vigiado e tão duro em suas leis sobre terrorismo, ainda se pode realizar este tipo de ato sem serem presos. Aprendamos então as lições que deixa este “novo unabomber” (como nomeou a imprensa).

Pelo atuar misantropo que move os individualistas que se declaram em Guerra contra esta realidade artificial!

Para cima, bombista de Austin!

Que tuas bombas sigam derramando sangue e semeando morte!

Ânimos Criminais!