RUMO À SELVAGERIA: Desenvolvimentos Recentes no pensamento Eco-Extremista no México

Recebemos via email a tradução ao português do texto “Toward Sevagery – recent developments in eco-extremist thought in México“, de Abe Cabrera.

Neste escrito o autor faz uma longa análise do surgimento e desenvolvimento da tendência eco-extremista no México, passando desde a fase Reacción Salvaje e Individualidades Tendiendo a lo Salvaje até a consolidação de ITS (agora “Individualistas Tendendo ao Selvagem”) e do próprio eco-extremismo como tendência.

Ânimo tradutores anônimos!

Pela difusão do eco-extremismo!
_________________________________________________________________________

Introdução

“Isso foi chamado de Guerra Chichimeca e começou perto do momento da morte de Hernan Cortes (1547), simbolicamente fechando a “primeira” conquista do México. A nova guerra, travada na vasta área selvagem que se estende para o norte das terras da vitória de Cortes, ensanguentou quatro décadas, 1550-1590, a mais longa guerra indígena na história norte-americana. Foi a primeira competição plena e constante entre civilização e selvageria do continente.”

Philip Wayne Powell, Soldiers, Indians, & Silver: North America’s First Frontier War, vii

Continuar a ler