Tocaia

Selvagem e mafioso poema “Tocaia” escrito por Urucun.

Tocaia

De Tocaia, silenciosos como a Lambú por entre os galhos;

De Tocaia, observadores como o Jacurutu estático;

De Tocaia, caçadores como a Sussuarana pronta para o ataque;

De Tocaia, contundentes como a Sucuri finalizando o abate;

De Tocaia, pacientes desde o alto como o Carcará;

De Tocaia, distantes como o Gavião-Pombo pairando no ar;

De Tocaia, escondidos em grutas como os Morcegos;

De Tocaia, vagantes das Chapadas como os Cervos;

De Tocaia, farejando a presa como o Teiú pela vegetação rasteira;

De Tocaia, subestimados, mas homicidas como o Tamanduá-Bandeira;

De Tocaia, entocados por aí como o Tatu em seu abrigo;

De Tocaia, agouros do Terror como o chocalho da Cascavél anunciando o perigo;

De Tocaia, inesperados como a Jararaca atacando;

De Tocaia, estratégicos como a Jaguatirica se rastejando;

De Tocaia, atentos como a Pega de olho na ameaça;

De Tocaia, sempre despertos como a Paca;

De Tocaia, ariscos como a Raposa em sua trajetória;

De Tocaia, desde o Nada e Fatal como o ataque do Caipora;

De Tocaia, vigiando a tudo como o Tetéu;

De Tocaia, analisando a podridão como o Urubu desde os céus,

De Tocaia, preparados sempre como a Aranha-Armadeira;

De Tocaia, guerreando mortalmente como as Abelhas;

De Tocaia, destrutivos como uma manada de Catitu passando;

De Tocaia, ágeis como a Cutia se deslocando;

De Tocaia, cuidadosos como a Lebre por entre os campos;

De Tocaia, sedentos por sangue como a Piranha em um ataque relâmpago;

De Tocaia, caminhantes como o Aguaraçu mata à dentro;

De Tocaia, florescendo no submundo como sementes levadas ao Vento;

De Tocaia, ferozes como o Jaguar abocanhando o pescoço;

De Tocaia, ameaça noturna e implacável como o Lobo;

De Tocaia, assassinos como o Jacaré estraçalhando a carne;

De Tocaia, invisíveis como o Urutau por entre as árvores;

De Tocaia, certeiros como a Surucucu cravando suas presas;

De Tocaia, rasgando o humano como um Tubarão desde as profundezas;

De Tocaia, migratórios como a Andorinha em sua viagem;

De Tocaia, Indiscriminados como a Natureza Selvagem!

-Urucun

Da Tocaia surge o blog Maldição Ancestral!

Muito se passou nos últimos meses nas terras de Pindorama e por isso as atividades propagandísticas tiveram que ser detidas por algum tempo, mas isso jamais significou uma rendição, coisa que nunca acontecerá, muito pelo contrário, significou o maior aperfeiçoamento possível destas atividades, e não só delas como o tempo dirá… em Tocaia nós, os Individualistas Terroristas, maldizíamos a todo o progresso humano e ao próprio (humano!) e preparávamos O Nosso para o regresso. Com a paciência dos Antigos e a cobertura do Oculto e do Desconhecido caminhávamos tanto pelas podres cidades como pelas Florestas, aguardando que o momento chegasse para ressurgir como um terremoto. Sabíamos que a semente havia sido plantada nestas terras do Sul e a flor do submundo continuava crescendo, e a certeza absoluta disso foram acontecimentos que, se for o caso, serão um dia aqui mencionados. Houve uma dispersão e passadas certas ocorrências, se consolidou a reorganização para dar seguimento ao que agora é o sucessor direto do blog Tocaia Eco-extremista, o difusor lusófano Maldição Ancestral. O novo projeto terrorístico é um esforço de Individualistas para dar sequência a propaganda eco-extremista e niilista terrorista em língua portuguesa através da difusão de materiais neste idioma, além de também ser um canal de difusão de comunicados extremistas contra a civilização e a todo o progresso humano, assim como contra esta própria raça.

Este blog marca certamente o início de uma nova fase eco-extremista nestas terras, a começar pelo seu nome. Maldição Ancestral é o resgate extremo de todo o Antigo para ser impactado contra tudo o que é humano, para que este se despedace e desapareça junto com as suas construções e inovações tecnológicas, é a invocação máxima da Maldição dos Antigos contra o avance de todo o civilizado, é a Crença Suprema no Inumano, no Inominável, no poder do Desconhecido e do Oculto e sobretudo na supremacia da Natureza Selvagem frente às criações humanas, este é Maldição Ancestral, palavras Nossas e sobretudo atos de guerra nunca antes vistos desferidos pelos Individualistas afins dispersos por estas terras e para além delas.

Juntamente ao retorno do blog alguns Individualistas afins garantem também o seguimento da Revista Anhangá e tão logo a sua segunda versão que contará com mais de 100 páginas sobre a teoria e prática eco-extremista, niilismo terrorista e conteúdos relacionados, além de garantirem também o lançamento de materiais audiovisuais.

Durante este tempo seguiu-se o avanço imparável do eco-extremismo e do terrorismo misantropo que chegaram a novas terras como a Grécia, o berço da civilização ocidental, ao Reino Unido, local utra-vigiado, mas pouco intimidatório para os Nossos, e por que não… Estados Unidos? (Glória à Mark A. Conditt!) bem como o seguimento dos atentados de ITS e afins no México e afora, assassinando e causando Terror, além de danos. É importante mencionar também o seguimento da marcha que traça o fim das crenças utópicas e humanistas, ela seguiu com força enojando a mais e mais ex-utopistas que buscavam construir um “mundo novo” (ânimo e vingança, Tripa!). Vimos o crescimento da misantropia e extincionismo assim como a destruição do humanismo, submergindo este mundo-morto ainda mais ao Abismo Destrutivo do Caos. Portanto, o antigo blog morre e nasce Maldição Ancestral, mas a Tocaia segue, extremista como sempre foi. Regressamos para nos juntarmos novamente ao Maldición Eco-extremista e a outros blogs afins à Máfia e a outros grupos extremistas caóticos. Ressurgimos desde as sombras para propagar, exaltar e incentivar a mais e mais atos terroristas contra aqueles que danam à Terra, contra os malditos que constrangem os Espíritos da Terra, contra os que profanam a toda a Beleza. Reaparecemos para enviar forças aos Individualistas Caóticos que se lançam ao conflito mortífero e egoisticamente atentam sem maiores preocupações a não ser com si próprios. Guerra!

Guerra à civilização, ao humano e a seu progresso!

A Tocaia segue…

Maldição Ancestral blog.